UEL: o guia completo!

Tudo o que você precisa saber sobre o tema!

INTRODUÇÃO

Com o final do ano chegando, o tão esperado — e temido — período de provas começa. Entrar na graduação é o sonho de muitos brasileiros; no entanto, é preciso estar preparado e adquirir todas as informações para não deixar nenhum detalhe de lado.

Pensando nisso, desenvolvemos este guia completo com tudo o que você precisa saber sobre a Universidade Estadual de Londrina (UEL), apresentando tópicos como processo seletivo, conteúdos mais cobrados nas provas, notas de corte e onde encontrar as provas antigas para exercitar seus conhecimentos. Boa leitura!

A Universidade Estadual de Londrina

A UEL (Londrina) teve início há mais de 47 anos, sendo uma instituição pública e gratuita que conta com um processo seletivo para o ingresso de novos estudantes. Ainda, a universidade apresenta fortes valores de desenvolvimento, transformação social, política, cultural e econômica do Paraná e Brasil.

Justamente por isso, muitos estudantes que estão encerrando o ensino médio optam por realizar a sua graduação na UEL. Além disso, apresenta um campus de qualidade, que permite a fácil interação entre a comunidade universitária, estimulando o exercício da cidadania.

Como funciona o vestibular da UEL?

Play video

A universidade é muito procurada e, por isso, apresenta um processo seletivo complexo que se divide em etapas: a primeira prova com questões de conhecimento gerais e a segunda com perguntas mais específicas.

Ainda, para quem deseja realizar os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico precisam fazer uma terceira prova técnica que envolve alguns conhecimentos característicos das profissões. Esse momento é sempre realizado em dias diferentes.

Ao longo deste guia, apresentaremos como funciona o processo de seleção para você conhecer todos os detalhes do vestibular UEL e obter resultados impecáveis. Continue lendo!

O que levar e o que não levar no dia da prova?

Essa é uma pergunta muito recorrente para os vestibulandos. Afinal, o que precisa, de fato, ser levado no dia da prova? Especificamente na UEL, é obrigatória a apresentação do Cartão de Inscrição, com uma foto 3×4 recente, assim como uma cópia do documento de identificação.

Além disso, a Instituição exige a apresentação do documento original de identificação, isto é, sua carteira de identidade atualizada, carteira nacional de habilitação com foto e válida, passaporte brasileiro, certificado de reservista, carteira de identificação das forças armadas ou carteira de identidade de estrangeiros, desde que emitida dentro do território nacional brasileiro.

Com todos os documentos em mão, é fundamental carregar consigo canetas esferográficas de corpo transparente e com tinta preta ou azul-escuro, bem como lápis, borracha e apontador. Lembre-se de que canetas com outras cargas ou que não apresentam corpo transparente não serão permitidas, assim como calculadoras, dicionário, relógio, tabelas.

Por fim, a universidade, com o intuito de proteger a integridade da prova e evitar a consulta de materiais escolares durante a realização do UEL vestibular, não permite o uso de bonés, gorros, chapéus, boinas, óculos escuros e aparelhos eletrônicos.

Uma excelente forma de não esquecer nada em casa é montar um checklistde todos os objetos e documentos que precisam ser levados. Com isso, no dia da prova você pode conferi-lo para garantir que tudo ocorrerá da maneira certa.

Como fazer sua inscrição UEL?

Agora que você já conhece todos os documentos necessários, está na hora de entender como funcionam as inscrições. Para quem for tentar o vestibular UEL 2019, a instituição disponibilizou mais de 2.000 vagas distribuídas entre 53 cursos de graduação. Ainda, outras 564 vagas foram ofertadas pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

No meio de tantas oportunidades, é preciso escolher o curso desejado. Depois, no site da Coordenadoria de Processos Seletivos (COPS UEL), você realiza sua inscrição colocando os dados pessoais e selecionando seu curso de preferência.

Logo após, o site gera o boleto — uma taxa de R$ 150,00 — confirmando sua inscrição somente após a realização do pagamento.

Para garantir que sua inscrição seja realizada com sucesso, lembre-se de conferir todos os seus dados, realizar o pagamento e prestar atenção aos prazos, para não perder nenhuma data importante.

UEL: SISU

O Sisu é um programa que o Ministério da Educação desenvolveu para utilizar a nota do Enem como forma de ingresso no ensino superior. Dessa forma, as instituições públicas de ensino disponibilizam algumas vagas para os candidatos que realizaram a prova.

Como apresentamos no tópico anterior, para o ano letivo de 2019, mais de 500 vagas foram disponibilizadas para o SiSU. No entanto, como qualquer processo seletivo, é preciso ter uma nota de corte para entrar no curso superior da sua escolha.

As inscrições ocorrem sempre no primeiro semestre do ano seguinte ao Enem. Para realizar a sua, é preciso ter feito o Enem do ano anterior e, então, acessar o site do exame e fazer o cadastro por lá, com a mesma matrícula e senha utilizadas para realizar a prova. Basta, então, selecionar a UEL e o seu curso de preferência.

Os resultados são divulgados na página do Sisu e da UEL. Caso você tenha sido aprovado, é importante prestar atenção aos prazos de matrícula e documentos necessários.

Nota de corte UEL

O sistema de notas de corte da Universidade Estadual de Londrina se baseia na quantidade de pontos realizados pelos candidatos. Dessa forma, a cada ano a nota de corte é alterada.

Abaixo, separamos as maiores e as menores pontuações da primeira fase do vestibular UEL de 2019 que você precisa prestar atenção. Confira!

Maiores notas de corte

Liderando a posição de curso mais procurado, Medicina aparece na primeira posição, com a pontuação de 71.681. Já o segundo colocado é o curso de Direito, tanto no horário matutino quanto no vespertino, totalizando 46.676 pontos.

Logo após encontram-se a Biomedicina e a Psicologia, com 45.009 pontos. Por fim, a Engenharia Elétrica ganha destaque e totaliza 43.342 pontos.

Menores notas de corte

A pontuação mínima que a UEL garante para a entrada no curso é de 25.005 pontos. Nesse sentido, diversos cursos apresentaram essa nota de corte na primeira fase de 2019. Confira:

Provas UEL

Como já falamos aqui, a UEL divide a sua prova em duas fases, para garantir resultados melhores de seus candidatos e não tornar a experiência muito cansativa. Na edição de 2019, a primeira fase aconteceu no dia 21 de outubro, com 60 questões objetivas sobre conhecimentos gerais.

Nos dias 02 e 03 de dezembro, os candidatos deverão realizar a segunda fase do vestibular UEL, sendo que no primeiro dia são questões voltadas às Línguas, Literatura e Redação. Já o segundo dia conta com questões voltadas a conhecimentos gerais.

Ainda, aqueles que querem entrar na graduação de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico deverão realizar a prova de conteúdos específicos de cada área em 04 de dezembro.

Para facilitar a compreensão do conteúdo programático de cada dia, separamos abaixo tudo o que você precisa saber sobre cada etapa do vestibular UEL.

Primeira Fase

Nesse momento, os candidatos devem responder 60 questões objetivas sobre:

Ainda, ao final do exame, os três últimos candidatos deverão sair de forma simultânea para garantir a segurança dos resultados.

Por fim, quem quer fazer o ensino superior na área da Música também precisa fazer uma prova de habilidades específicas, dividida em duas etapas que acontecem no mesmo dia.

Segunda fase

Depois que você concluir a primeira etapa, é necessário se preparar para a próxima fase. No primeiro dia da segunda etapa, o exame conta com 20 questões objetivas sobre Língua Portuguesa e suas Literaturas, 10 questões objetivas da Língua Estrangeira da sua escolha e, por fim, de duas a quatro redações.

No segundo dia, você deverá responder 12 questões discursivas sobre três temas diversos, escolhidos entre as disciplinas que mais se alinham com o seu futuro curso. Dessa forma, quem optar por Psicologia, por exemplo, poderá responder questões sobre Filosofia, Sociologia e História.

Critérios para classificação

Como as provas são divididas em duas etapas, a sua classificação também é. Isso quer dizer que somente quem é aprovado na primeira fase do vestibular é classificado para a segunda e, então, pode entrar na UEL.

Assim, para a classificação geral, o candidato deve apresentar pelo menos 25% de aproveitamento da pontuação total das questões da prova de conhecimentos gerais. Além disso, é preciso ter comparecido a todas as etapas, ter pelo menos 20% de aproveitamento das provas de línguas e literatura, não podendo ter tirado 0 em nenhuma das partes.

Por fim, é necessário ter, no mínimo, 15% de aproveitamento da pontuação total da prova de conhecimentos específicos e não tirar zero em nenhuma das três disciplinas, assim como garantir pelo menos a nota dois em cada um dos períodos na prova de habilidades específicas para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico.

Como entrar na UEL: o que estudar para o vestibular?

Até aqui vimos um pouco da história da Instituição, como funciona o processo seletivo, tudo o que você precisa levar para o vestibular UEL e como ocorrem as provas. Agora, é fundamental focar o seu estudo para passar com tranquilidade no exame.

Mas, então, o que é preciso estudar para garantir bons resultados? O próprio Manual do Candidato explicita os conteúdos de cada disciplina que serão cobrados nas provas.

Disciplinas UEL

Nós separamos detalhadamente cada uma das disciplinas para você conferir quais são os conteúdos mais constantes nas provas. Temos certeza de que, seguindo este guia, você obterá excelentes notas.

Matemática

A Matemática é fundamental para todos os seres humanos. Por isso, é de extrema importância que os estudantes tenham o conhecimento crítico e integrado da disciplina, capazes de ler, interpretar e utilizar representações matemáticas durante as atividades.

Ainda, a UEL cobra bastante as habilidades de interpretar tabelas e dados simbólicos, tais como equações, diagramas, fórmulas e gráficos, bem como a compreensão de situações contextualizadas nas perguntas, apresentando resoluções plausíveis por meio de conceitos matemáticos.

Dessa forma, são cobrados conteúdos como:

Física

Assim como a Matemática, a Física garante um conhecimento científico de tudo que acontece no cotidiano de todos os seres. Por isso, o candidato precisa estar apto a interpretar os textos científicos, sobretudo aqueles que envolvem códigos e símbolos da área; explicar os fenômenos naturais por meio da Física, associando a teoria à prática.

Os conteúdos mais comuns nas provas de conhecimento gerais são:

Química

As interações químicas, tanto no contexto macro quanto no contexto micro, são essenciais para a vida na Terra. Afinal, é por meio delas que o organismo humano funciona, bem como todas as moléculas do universo.

Com isso em mente, qualquer candidato que queira entrar na UEL precisa ter conhecimentos dos conceitos e ferramentas da Química, sobretudo de sua aplicação no mundo. Além disso, ser capaz de interpretar dinâmica e criticamente as resoluções de situações-problema propostas pelas questões é de extrema importância.

Por fim, a UEL preconiza a importância da criatividade, iniciativa e concentração para resolver de maneira satisfatória as questões da química. Por isso, os conteúdos mais comuns são:

Biologia

Se não fosse o estudo da Biologia, não seria possível identificar todos os aspectos que permeiam a saúde humana e animal. Dessa forma, ela interage com todas as esferas da vida na Terra e possibilita desenvolver relações lógicas entre cada fenômeno natural e antropogênico.

Justamente por isso, cada candidato precisa entender as relações entre o surgimento da vida, a formação dos primeiros seres vivos e sua organização e evolução, além de identificar os mecanismos biológicos, relacionando-os com os fenômenos físicos e químicos naturais, e compreender o funcionamento das funções orgânicas básicas.

Assim, os conteúdos mais cobrados são:

Geografia

A Geografia permite a compreensão não só da formação e estruturação da Terra, como também dos funcionamentos políticos e sociais que se estabelecem por meio dos espaços sociais e urbanos.

Por isso, é de extrema importância que os candidatos tenham conhecimento sobre as diferentes lógicas territoriais e da diversidade teórico-conceitual. Conheça os conteúdos geográficos mais comuns na prova da UEL:

História

É por meio da História que podemos analisar criticamente os processos contemporâneos, interpretando os diferentes documentos disponíveis. Dessa maneira, a UEL defende a importância de cada candidato ser capaz de analisar as diferentes concepções de tempo, memória e cultura, sobretudo como construções sociais que situam as relações pessoais.

Por isso, os conteúdos mais cobrados são:

Filosofia

Os estudos filosóficos permitem uma compreensão mais ampla da sociedade e de como se estruturam conceitos e as análises contemporâneas, dando base para o entendimento da cultura e sociedade.

Dessa maneira, os candidatos que pretendem realizar a prova da UEL devem, preferencialmente, ter a capacidade de ler, interpretar e analisar textos filosóficos de forma significativa.

Pensando nisso, a universidade dá destaque para alguns temas durante a prova. São eles:

Sociologia

Se a Filosofia permite uma análise crítica da ciência, epistemologia e sociedade, a Sociologia concentra seu foco na estruturação social de cada cultura. Nesse sentido, é importante que o candidato compreenda temas como desigualdade social, mudanças contemporâneas na cultura, economia e política, a formação da indústria cultural e da ideologia.

Por isso, fique atento a temas como:

Artes

A expressão dos seres humanos por meio da arte é um processo histórico e de extrema importância para quem pretende entrar na UEL. Por isso, lembre-se de estudar conceitos como:

Línguas estrangeiras, Língua Portuguesa e Literatura

Compreender como ocorrem os processos de leitura, conversa, interpretação e escrita são fundamentais, tendo em vista sua importância no dia a dia de todos nós. Por isso, a UEL separa diversos conteúdos que serão cobrados no vestibular. Abaixo, separamos os mais comuns para você focar:

Prova de Redação UEL

Como falamos anteriormente, a capacidade de interpretação textual e de escrita é fundamental para todas as esferas da vida humana. É justamente por isso que a redação tem uma posição privilegiada nos concursos, implicando no desenvolvimento de temas pertinentes.

No vestibular da UEL, a redação consiste na produção de dois, três ou quatro textos de acordo com as instruções. É preciso realizar uma leitura atenta de cada informação do enunciado, para extrair informações que poderão ser usadas no texto.

UEL: livros do vestibular

Para complementar a importância da Língua Portuguesa e da Redação, a literatura também ganha uma posição de destaque no vestibular. Todos os anos, a UEL disponibiliza uma lista de livros diferentes que servirão como base para algumas perguntas interpretativas.

No ano de 2018, os livros que entraram foram:

Isenção UEL: como solicitar isenção da taxa de inscrição?

A inscrição dos candidatos que obtiverem isenção do pagamento do preço público de inscrição, no Processo Seletivo Vestibular 2019, só será efetivada após o preenchimento do Formulário de Inscrição e impressão do respectivo comprovante, sendo considerada válida a última inscrição realizada no endereço eletrônico da COPS.

UEL: cursos

Atualmente, a UEL oferece 68 cursos que se dividem em nove centros de graduação, totalizando cerca de 16 mil estudantes. Se você ainda está em dúvida sobre qual profissão seguir, pode conferir no site da universidade os todos os cursos disponíveis!

Especialização: UEL

Existe uma grande variedade de especializações da UEL, isso porque cada centro conta com diversos cursos que apresentam seu sistema próprio de inscrição. No site da UEL você pode encontrar todas as informações de cada processo.

Pós-graduação: UEL

Da mesma forma que os cursos de especialização possuem uma legislação própria, os diversos cursos de pós-graduação da UEL, tanto mestrado quanto doutorado, apresentam seus sistemas próprios de inscrição.

Vale lembrar que cada centro de ciências apresenta diferentes programas. Você pode conferir todos eles no próprio site da universidade.

UEL: cursos gratuitos

A universidade tem como propósito proporcionar e estimular o conhecimento da população. Para isso, ela está em constante aprimoramento e promove eventos e cursos gratuitos que possibilitam um contato íntimo com a comunidade.

Se você tem interesse em conhecer um pouco mais da UEL e investigar quais são os cursos e eventos disponibilizados gratuitamente, acesse a plataforma para encontrar todas as informações.

Resultado do vestibular da UEL: onde encontrar?

A publicação oficial da primeira fase normalmente ocorre em novembro, enquanto que a da segunda fase é liberada em janeiro. Todos eles ficam disponíveis na plataforma da universidade. Para a prova de habilidades específicas, o resultado é dado no mesmo dia em que a prova é aplicada.

Provas anteriores UEL para você estudar

Um dos processos fundamentais para garantir excelentes resultados no vestibular é exercitar todas as informações que você adquire durante seus estudos. E nada melhor do que treinar utilizando as provas anteriores do vestibular que você quer prestar.

Pensando nisso, a UEL disponibiliza em seu acervo as provas antigas para você treinar o seu conhecimento e reconhecer que áreas precisam ser aprimoradas, estimulando a sua disciplina e concentração.

Calendário UEL

Até agora já vimos bastante coisa, não é mesmo? Para facilitar a compreensão de todo o processo seletivo da Universidade Estadual de Londrina, é possível acessar o manual do candidato, que disponibiliza todas as informações sobre inscrição, datas de provas e documentos necessários, que você precisa saber para garantir excelentes resultados nas provas.

Neste guia, você encontrou diversas informações sobre como funciona o processo seletivo da UEL, não é mesmo? Com tudo isso em mente, não deixe de realizar diversos exercícios para garantir excelentes resultados no vestibular.

E aí, gostou do conteúdo? Aproveite continue acompanhando o nosso Blog e, também, assine o Stoodi para aprimorar seus conhecimentos!