Sistemas de informação: o que faz?

Sistemas de informação: o que faz?

Com a grande disponibilidade de cursos de graduação oferecidos pelas faculdades e universidades atualmente, muita gente acaba se perdendo entre tantas opções. E isso é ainda mais verdadeiro quando nos referimos aos cursos da área de Tecnologia da Informação, como é o caso do curso de Sistemas de Informação.

Afinal de contas, o que um profissional formado em Sistemas de Informação faz? Qual é o mercado e quais são as melhores oportunidades para essas pessoas? Tem interesse nessa graduação? Quer saber mais sobre ela? Então continue lendo este post!

Garanta seu desconto com a nota do Enem

O que é Sistemas de Informação?

O curso de Sistemas de Informação é um dos que mais se aproximam do tradicional Ciência da Computação. Entretanto, ele apresenta uma diferença bastante considerável, abordando muitas disciplinas interligadas às áreas de gestão e administração de negócios.

Dessa forma, além da necessidade de o profissional de Sistemas de Informação entender tudo sobre os sistemas computacionais, programação e codificação, é fundamental que ele tenha domínio sobre o mercado, principalmente aquele em que pretende atuar. Nesse sentido, o profissional da área é capaz de oferecer diversas soluções, principalmente quando inserido no mercado corporativo.

Assim, quem forma em Sistemas de Informação é chamado de Analista de Sistemas, apesar de poder atuar, também, como um Analista de Negócios, um Programador, entre outros cargos.

Sistemas de informação: salário

Além da graduação em Sistemas de Informação, o aluno também pode se inserir no mercado a partir do curso tecnólogo, como o curso de Gestão da Tecnologia da Informação.

Com a formação técnica, o profissional em Sistemas de Informação tem um salário médio de R$6.952,57 no Brasil, sendo que os estados que pagam melhor são Amazonas, Rio de Janeiro e São Paulo. Cargos mais elevados, como os de gerência, podem apresentar salários entre R$7.681,65 e R$8.557,32.

Sistemas de Informação: mercado de trabalho

Assim como todos os cursos da área de Tecnologia da Informação (TI), o curso de Sistemas de Informação também se encontra em plena expansão. Atualmente, os sistemas de tecnologia baseados na informação estão presentes em, praticamente, todo e qualquer negócio, o que faz com que os profissionais de Sistemas de Informação possam vislumbrar diversas oportunidades de trabalho.

Entre as diversas funções de um Analista de Sistemas, podemos destacar habilidades como:

  • desenvolvimento de softwares, projetando e desenvolvendo sistemas voltados para negócios específicos;
  • ensino, lecionando em escolas de ensino fundamental, médio ou técnico — para lecionar em faculdades, é necessário ter um curso de pós-graduação;
  • fluxo de informação, modernizando os processos de comunicação empresarial por meio da criação e instalação de programas específicos;
  • gerência de projetos, a partir da interligação da administração empresarial com o setor de computação e tecnologia;
  • logística, desenvolvendo softwares de planejamento e administração de rotas, sistemas de controle de estoque e distribuição;
  • marketing e vendas, gerenciando o comércio de equipamentos e softwares;
  • modelagem, construindo os modelos matemáticos de simulação, buscando prevenir problemas e antever oportunidades;
  • suporte técnico, oferecendo a manutenção de sistemas, redes e bancos de dados.

Sistemas de informação: marketing

Uma das áreas que mais trabalha com fluxo de informação atualmente é o marketing empresarial. Assim, o profissional Analista de Sistemas é capaz de auxiliar na implementação, configuração, execução e manutenção de sistemas voltados para o colhimento e o tratamento de dados e informações utilizados no marketing.

Sistemas de informação em saúde

Assim como acontece em áreas como o marketing, a gestão de saúde também depende muito do fluxo e do tratamento constante de um grande volume de dados e informações.

Os grandes hospitais do Brasil utilizam sistemas complexos, os quais incluem a frequente inserção de dados de novos pacientes, a atualização de prontuários e altas, entre outros fluxos específicos. Dessa forma, os profissionais Analistas de Sistemas também são capazes de auxiliar em todas as etapas desses processos, ajudando na modernização e no aumento da agilidade do atendimento de pacientes nos centros de saúde.

Faculdades de Sistemas de Informação

Como você já deve ter imaginado, por apresentar um mercado aquecido, cursos como o de Sistemas de Informação estão pipocando por todo o Brasil. É possível encontrar cursos de graduação, seja presencial ou a distância, pós-graduação e tecnólogos, nas mais diversas vertentes.

Presentes em várias modalidades e em instituições de ensino públicas e privadas, o curso de Sistemas de Informação existe em mais de 500 escolas. Entretanto, é fundamental escolher entre os que apresentam os melhores níveis de ensino. Por isso, listamos abaixo os cinco melhores cursos de Sistemas de Informação no Brasil entre universidades públicas e privadas:

  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), bacharelado, em Florianópolis (SC);
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie (Mackenzie), bacharelado, em São Paulo (SP);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), bacharelado, em Belo Horizonte (MG);
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), bacharelado, no Rio de Janeiro (RJ);
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), bacharelado, em Porto Alegre (RS).

Vale ressaltar que, dependendo da instituição, os cursos podem sofrer algumas leves modificações. Por isso, é importante atentar para o fato de que o aluno deve sair formado com o título de Analista de Sistemas.

Durante o curso, o estudante perceberá a constante presença de matérias como cálculo, algoritmo, matemática, programação, gestão, entre outros. É um curso considerado de grande dificuldade e complexidade, como as Engenharias, principalmente por integrar ciências exatas com a gestão de negócios.

Em média, o curso de Sistemas de Informação dura cerca de quatro anos, sendo possível obter a habilitação em bacharelado ou licenciatura. Tanto estágio quanto projetos de conclusão de curso são obrigatórios para a formatura do estudante.

O curso de Sistemas de Informação é uma das graduações mais procuradas atualmente, principalmente por conta da grande demanda por profissionais por parte do mercado. Empresas dos mais diversos setores, do marketing à gestão de saúde, necessitam dos serviços de bons Analistas de Sistemas, principalmente para gerenciar e analisar o grande fluxo de informação que está presente nos grandes negócios.

E aí, se interessou pelo curso de Sistemas de Informação? Então não deixe também de conferir nosso post sobre Engenharia de Materiais! Veja também nossas aulas online de Física e Matemática!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *