Cobalto: propriedades e aplicações

Você sabe o que é cobalto? Entenda tudo sobre este elemento químico, suas propriedades, aplicações e muito mais. Descubra com o Stoodi!

Cobalto: propriedades e aplicações

Quem é fã de Química e gosta de estudar a tabela periódica, não pode perder a revisão de hoje: aprenda tudo sobre cobalto. Caso você ainda não saiba, esse elemento foi e continua sendo muito importante para o ser humano. Sua aplicação mudou bastante ao longo do tempo mas, longe de ter perdido sua relevância, a sociedade moderna necessita desse material.

O metal que estudaremos hoje foi utilizado de várias maneiras pelos nossos ancestrais. O homem sempre buscou na natureza alternativas para resolver os problemas do dia a dia. Isso acontece, por exemplo, desde a época dos alquimistas, que tentavam freneticamente transformar o chumbo em ouro.

Garanta seu desconto com a nota do Enem

Esse conteúdo é muito importante para a prova de Ciências da Natureza e será cobrado em diversos vestibulares do Brasil. Prepare-se para aprender as reações químicas com cobalto, suas aplicações e propriedades, além de informações interessantes acerca desse material.

Já está com papel e caneta em mãos? Então confira o conteúdo completo!

O que é Cobalto?

Basicamente, trata-se de um elemento químico de transição, que consta no grupo VIII-B da tabela periódica. Esse material foi isolado e classificado pela primeira vez em 1735 por Georg Brandt, um cientista sueco.

No meio ambiente, o cobalto é encontrado dentro do solo, do mar ou como parte substancial do metabolismo animal, no caso da vitamina B12. É interessante saber que esse metal também pode estar presente em algumas estrelas e meteoritos.

Naturalmente incrustado em outros minerais, ele é obtido por meio da extração, tornando-se principalmente um subproduto da prata, do níquel, do ferro, do chumbo ou do cobre. Apesar disso, esse material pode aparecer na cobaltita, na eritrina, na cobaltocalcita e na skutterudita.

Tendo posição econômica fortíssima, a produção mundial do cobalto gira em torno de 17000 toneladas anualmente. O que justifica toda essa demanda é sua utilização em variados setores. Eles vão desde a construção civil (cerâmicas e tintas), Medicina (tratamentos utilizando cobalto 60), até a nossa alimentação.

Devido às suas características inflamável e tóxica, a manipulação de seus compostos deve ser realizada com cuidado.

Propriedades do cobalto

Apresentando dureza acentuada, constituição quebradiça e cor cinza-aço, o cobalto é semelhante e constantemente confundido com o ferro. Sua massa atômica equivale a 58,93 u e seu número atômico é igual a 27, além de ter um magnetismo discreto.

As características físicas desse metal, como a densidade, têm grandes variações, pois ele frequentemente apresenta-se como uma mistura alotrópica. Na natureza, o cobalto é encontrado como um sulfoarsenieto de fórmula química equivalente a CoAsS ou como material impuro associado a outros metais como Fe, Ni, Ag, Cu e Pb.

Confira agora alguns de seus atributos:

  • símbolo químico: Co;
  • estado de oxidação: Co+2 e Co+3;
  • ponto de fusão: 1490º;
  • ponto de ebulição: 2927º;
  • configuração eletrônica: 1s2, 2s2, 2p6, 3s2, 3p6, 4s2, 3d7.

Reações químicas com cobalto

O cobalto apresenta facilidade em dissolver-se em ácidos inorgânicos diluídos ou formas precipitadas de hidróxidos insolúveis. Suas reações químicas com bases fortes são as reações com ácidos e reações com bases.

Aplicações do cobalto

Esse material tem diversas aplicações na modernidade, sendo uma delas a produção de metais. Elementos como o níquel, o alumínio, o silício e o manganês desenvolvem uma liga metálica utilizada em ímãs de grande magnetismo. Por sua vez, tanto o crômio quanto o tungstênio são empregados para essa função na indústria de peças de precisão e de ferramentas de corte.

Como mencionado, o cobalto também está relacionado à composição química da vitamina B12, sendo essa a sua importância para a saúde humana. Saiba que esse complexo vitamínico é fundamental para o sistema sanguíneo e para o bem-estar do sistema nervoso.

Recomenda-se uma dose diária desse elemento de aproximadamente 2,4 microgramas (mcg) para adultos, 1,2 (mcg) para crianças menores que oito anos e 2,8 (mcg) para as mulheres em gestação e amamentação. Apesar disso, o seu excesso pode trazer problemas na tireoide. Para manter uma dieta equilibrada, alimente-se com comidas ricas em vitamina B12: ervilha, amendoim, salmão, manteiga, sardinha etc.

O cobalto é um elemento químico muito utilizado na Medicina. Sua aplicação na forma de Co-60 é bastante realizada em tratamentos médicos e na técnica de irradiação de alimentos, a qual vem demonstrando um verdadeiro diferencial para os produtores rurais. Ela tem o objetivo de eliminar os organismos que deterioram e envenenam os alimentos.

Esse material também é utilizado das seguintes maneiras:

  • nos componentes ativos de fórmulas, que servem para secar pinturas feitas de óleo;
  • no processo de refinamento de petróleo;
  • na radiografia e radioterapia, por trata-se de uma poderosa fonte de raios gama.

Informações sobre o cobalto

Para você ficar ainda mais por dentro do assunto, trouxemos algumas informações e curiosidades acerca do cobalto e que são muito importantes para nós.

Em primeiro lugar, saiba que o nome cobalto tem a sua origem na mitologia germânica, na qual a referência aos duendes chamados de “Kobalt” fazia analogia a esse metal. Eles acreditavam que a contaminação gerada pelo contato com o elemento estava relacionada à presença desses seres.

Também é importante destacar que a presença desse material foi detectada por arqueólogos em joias e peças da antiguidade. Os egípcios, os persas, e os chineses, já utilizavam o Co em uma coloração branco-prateada, com alguns detalhes azulados, nos seus objetos do dia a dia. O processo de fabricação da porcelana enfeitada de cobalto iniciou-se na China durante a dinastia Yuan (1279 – 1368).

cerâmica cobalto

Foi muito bom aprender sobre cobalto, não acha? Você leu sobre as propriedades desse elemento, percebeu que trata-se de um material duro e quebradiço. Apesar de ser necessário para a saúde das pessoas, o contato com esse metal pode ser tóxico e acarretar uma contaminação. A importância econômica do cobalto é relevante atualmente, estando a sua produção e utilização relacionada a diversos processos industriais, médicos e nutricionais.

Agora que você finalizou suas anotações, faça exercícios de Química sobre as propriedades dos materiais. Não deixe a procrastinação tomar conta do seu dia. Aproveite o fim de semana para estudar e leia também essa ótima revisão sobre oxigênio. Assim você sairá na frente no vestibular! O Stoodi tem os melhores materiais online para você fazer um bom Enem. Cadastre-se gratuitamente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *