Boa viagem ou boa viajem: qual o certo?

 

Você já parou para pensar qual é a forma certa de escrever boa viagem — ou boa viajem? Confundir as letras “g” e “j” é algo muito comum, pois são fonemas com sonoridades parecidas. Porém, nem tudo está perdido! Existem algumas técnicas para evitar a confusão entre esses dois termos.

Neste conteúdo, você confere como utilizar viagem e viajem corretamente para nunca mais errar nas suas redações. Boa leitura!

Garanta seu desconto com a nota do Enem

Boa viagem ou boa viajem?

Você já deve imaginar que tanto “viagem” quanto “viajem” são termos aceitos pela nossa língua, não é mesmo? No entanto, não podemos deixar de ressaltar que cada um é aplicado em contextos diferentes: enquanto que “viagem” é caracterizada como um substantivo, “viajem” é conhecida por ser um verbo.

Nesse sentido, quando vamos desejar uma boa viagem a alguém, utilizamos o substantivo e não o verbo, com a consoante “g”. Afinal, queremos que a viagem como um todo seja boa, e não apenas o ato de viajar.

Exemplos com viagem

Vamos pensar em exemplos para facilitar a compreensão? Confira a seguir os melhores que separamos para você:

  • quero desejar uma boa viagem;
  • estou muito cansado, pois cheguei ontem de viagem;
  • tenha uma ótima viagem;
  • que viagem incrível que acabei de ter.

Exemplos com viajem

Você lembra que a palavra “viajem” é caracterizada como um verbo? Pois é, acontece que ele só pode ser utilizado em sentenças no plural, ao contrário do substantivo. A seguir, separamos alguns exemplos para você aplicá-la corretamente na redação e conquistar a pontuação máxima:

aproveitem o dia de hoje e viajem apenas amanhã;

espero que eles viajem em segurança.

Saber escrever boa viagem ou boa viajem é um passo importante para você redigir um conteúdo de qualidade e mandar bem na redação. Lembre-se de revisar todo o conteúdo para ter excelentes resultados no vestibular, combinado?